Pseudo-liberdade

Uma simples pergunta: Quando nos tornamos tão hipócritas?
Okay, vamos lá! Desde pequenos crescemos ouvindo que nascemos em um país livre, onde podemos nos expressar livremente, falarmos o que quisermos (com um certo limite que o bom-senso delimita, é claro!). Mas, óbvio, a verdade é bem diferente.
Muito diferente!
A verdade é que não temos liberdade para falarmos o que queremos coisíssima nenhuma! Aliás, a verdade é que temos que adequar nossas palavras e atos nos moldes de uma sociedade hipócrita que irá te colocar na margem caso você faça a simples menção de ser diferente.
Agora.. eu pergunto: O que é ser diferente?
Diferente é você falar palavrão sem se preocupar o que as pessoas vão pensar? Diferente é pintar o cabelo de uma cor ou usar uma roupa que não é utilizada com muita frequência? Diferente é você expor suas ideias e indignações?
O que é diferente, afinal?
E quem é alguém para julgar se algo é diferente só porque este não se comporta da mesma maneira que se está acostumado?
De que adianta o direito de “liberdade de expressão” se estamos fadados a sucumbir em uma verdadeira “psedo-liberdade”? Se estamos fadados a sucumbir em um mundo podre que ainda assim exclui as pessoas por elas não pensarem da mesma forma que a maioria?
Que mundo é esse, afinal?

       By: Lilah Prates

Ahahaha, oi meus amores! :D Fazia tempo que eu não passava por aqui, né? Bom, como minha amada Leiloca (também conhecida com Leila hehe, antiga Saname) falou ali embaixo: ESTAMOS DE VOLTA! AEEE! Batam palmas, palmas, palmas!
Okay, eu não sou tão louca assim normalmente.. isso é consequência do sal.. é sal.. eu comi uma bacia enorme de pipoca hoje e o sal faz coisas comigo ._. Tá, enfim..
Como a mamãe (Leila hehe) falou também, resolvemos assumir nossos verdadeiros nomes.. isso foi um dos resultados da reunião extraordinária! Eu falei algo bem assim para ela:

“eu penso meio que.. já passou dá época de se esconder..
Se a gente quer se expressar, porque não se expressar de forma verdadeira, mostrando quem somos realmente :D
mas eu sou bem hipócrita hehe
não sei se tenho coragem de fazer isso ^^”

Bom, no fim eu tive lalalal e mamãe também e isso me faz muito feliz. Quer dizer que estamos crescendo, certo? Bom, espero que sim.. é algo que eu preciso.. sabe, crescer.. Porque, caso contrário, não sei como vou sobreviver nesse mundo louco! x.x
É isso então, pessoal! Obrigada por lerem isso aqui, caso alguém leia hehe :D
Ah, mais uma coisa.. uma mensagem para Leila: HYOOOOOUKA!!!!! *O*
(P.S.: Eu te amo, mamãe *-* Já falei que uma amiga como você foi um achado u-u

Anúncios

o que achou do post?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s