Pelo Direito de Sonhar

Hey!
Muito prazer, Wendy Black! Desculpem-me por meu primeiro post ter sido tão depois do lançamento do blog. Eu passei metade deste tempo ocupada e a outra metade pensando no que postar. E, por favor, gostaria que me dessem um desconto. Faz séculos e mais séculos que não tenho um blog para chamar de meu, por isso, acho que estou um pouco enferrujada quando o assunto é escrever. Bom, o mais importante agora é que, finalmente, estou de volta a minha querida terapia. Sim, porque ter um blog, para mim, é uma terapia. E ultimamente é o que mais estou precisando. Os motivos para isso não importam. Até porque, não é sobre minha vida que vim falar aqui hoje e sim sobre sonhos.
Está bem, talvez isso acabe se misturando com minha vida também.
Há alguns dias eu estava lendo um texto de Rita Trevisan (Pelo direito de sonhar, se tiverem a chance leiam é lindo) e vi uma frase de Monteiro Lobato que me chamou bastante atenção:
“Loucura? Sonho? Tudo é loucura ou sonho no começo. Nada do que o homem fez no mundo teve início de outra maneira – mas já tantos sonhos se realizaram que não temos o direito de duvidar de nenhum”
Identifiquei-me imediatamente com essa frase. A sensação que tive na hora, foi que ela havia sida escrita especialmente para mim. Ela simplesmente descrevia meus sentimentos, revelava meus pensamentos.
Como todos, eu possuo sonhos e às vezes tenho receio de tentar torná-los realidade. Porque acho que não vou conseguir, porque acho que é algo impossível para mim, não sei bem. Por isso, sempre acabo fazendo o que as pessoas dizem para eu fazer, o que elas acham bom para mim.
O problema é que essas pessoas, lá na frente, não poderão escolher o rumo de minha vida por mim. E eu nem ao menos sei qual o rumo que ela tomará.
Desde pequena eu queria ser uma coisa, porque eu achava legal, porque eu tinha exemplos na familia, não importa. Mas hoje, mais de cinco anos depois, os meus gostos mudaram, os meus pensamentos mudaram… Não que eu não deseje mais ser aquilo, mas outras coisas se tornaram interessantes para mim, coisas que ofuscaram o primeiro sonho. Esse texto me abriu os olhos para uma coisa: eu tenho que ouvir o meu coração, apenas ele. Não posso me privar de correr atrás de meus sonhos apenas porque as pessoas dizem que fazer aquilo seria melhor para mim. Ainda estou indecisa, mas agora sei que a decisão é apenas minha e de mais ninguém. Agora sei que, assim como qualquer outro ser humano, eu tenho o direito de sonhar.

E você? Qual seu maior sonho? Comente dizendo! E acredite, seja ele qual for, nunca será impossível alcançá-lo. Desde uma roupa nova até acabar com a violência no mundo. Todos, ABSOLUTAMENTE TODOS, os sonhos são atingíveis. Basta você acreditar que tudo é possível neste mundo. Porque, a única verdade é que realmente é.

Por: Wendy Black

Anúncios

4 comentários sobre “Pelo Direito de Sonhar

  1. Oie

    Gostei muito das suas palavras Wendy. Realmente me tocaram. É muito difícil para uma pessoa conseguir a determinação de ir contra tudo o que existiu até o momento quando você percebe que tem um sonho, principalmente quando o sonho satisfaz apenas você e é o que realmente importa.

    Não sei ainda qual é o meu sonho. Estou muito aberta para novos sonhos no futuro.

    bjs

    • sim, sim. concordo plenamente Lizka, acho que a coisa mais importante do mundo é sonhar e fazer de tudo para que ele se realize. E sim, como você, é complicado quando o sonho satisfaz apenas você, mas acho que estes são os que mais precisamos no esforçar para que aconteça. OS NOSSOS SONHOS. Pode parecer egoísmo, mas precisamos nos preocupar com nós mesmo. Se não, quem vai fazer isso por nós?
      Wendy Black

  2. Olá! :) Valeu pelo comentário no meu blog, não se foi a Wendy ou Suname… rs.

    É verdade Wendy, os sonhos são a força propulsora da humanidade. Sem eles, ficamos estagnados em um perigoso estado de aceitação. Nunca desista dos seus sonhos!

    Meu grande sonho hoje é me tornar alguém melhor: um marido melhor, um profissional melhor, um amigo melhor… enfim, um ser humano melhor.

    Mas também não pego essa estrada sozinho. Creio que Deus está sempre comigo. E com a sua companhia, realmente não existe sonho inatingível.

    • Fico feliz que pense como eu (:
      Não definitivamente nenhum sonho é inatingível e acredite, os seus irão se realizar, basta apenas que você acredite e se esforce para que aconteça.
      :D
      P.S.: Quem comentou foi a Saname (:

o que achou do post?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s